Menu

Fresagem a 5 eixos contínuos – compensa?

Com nenhuma outra tecnologia de fresagem são produzidas superfícies de tão alta qualidade, de forma rápida e eficiente em máquinas de alto rendimento, como na maquinação a 5 eixos contínuos. No entanto, muitos fabricantes de moldes, matrizes e máquinas preferem a fabricação com eixos de ajuste fixo. Eles são bastante críticos em relação à maquinação com múltiplos eixos contínuos. As preocupações são justificadas?

As vantagens da fresagem a 5 eixos contínuos são conhecidas: menos tempo com vários apertos, é possível utilizar ferramentas mais curtas e mais estáveis, as condições de corte são constantes. No entanto, muitas empresas não querem realmente maquinar vários lados em simultâneos com a maquinação a 5 eixos contínuos. Os argumentos mais ouvidos neste contexto incluem: as máquinas são demasiado caras, os componentes não se encaixam ou podem ser fabricados a 3 eixos, pelo menos, da mesma forma, a programação NC é demasiado complicada, etc. Na verdade, isto significa que, mesmo que as fresadoras a 5 eixos contínuos sejam parte integrante do parque de máquinas, a fabricação fica muito aquém das suas possibilidades.

Utilização de fresas HPC e de segmento circular. A tecnologia de modelos ajuda na programação CAM.

Muitos veem o potencial de otimização

A Tebis perguntou a 162 empresas dos sectores de engenharia mecânica, moldes e ferramentas se produzem com fresadoras de 5 eixos contínuos e se consideram que exploram todo o potencial destas dispendiosas máquinas de alto rendimento. 21 inquiridos afirmaram que estas máquinas não compensam para o tipo de componentes que produzem. Três estavam a planear a aquisição dessa máquina. Particularmente surpreendente: dos 138 inquiridos com fresadoras de 5 eixos contínuos, apenas 37 disseram que estavam a explorar todo o potencial das máquinas. A grande maioria, ou seja, 101 inquiridos, ainda via potencial para otimização.

Fresagem a 5 eixos contínuos – a responsabilidade é do software

Porque é que muitas empresas acham a fresagem a 5 eixos em contínuos tão difícil? A falta de conhecimentos dos seus colaboradores é seguramente um dos motivos mais indicados. Aqui, a responsabilidade é do software. Porque o objetivo não pode ser investir na formação de pessoal técnico especializado. Pelo contrário, a programação tem de ser tão simples que os programadores NC possam programar rapidamente e sempre da mesma forma todas as operações de maquinação – sejam 2,5D, 3+2 eixos ou 5 eixos contínuos.

É por isso que a Tebis redesenhou, simplificou e expandiu gradualmente a sua tecnologia de fresagem a 5 eixos nos últimos anos. Atualmente, a programação NC é, em larga medida, idêntica para todos os tipos de maquinação. A base é sempre a tecnologia de templates e a programação NC automatizada. O programador NC não tem de desenhar qualquer curva-guia ou superfícies de controlo. Várias superfícies podem ser maquinadas de uma só vez sem movimentos de levantamento através de uma simples seleção. E as funções de preparação inteligentes ajudam mesmo no caso de geometrias complexas. A fresagem a 5 eixos contínuos compensa mesmo com componentes sem cortes inferiores.

A fresagem a 5 eixos é particularmente eficiente em combinação com ferramentas de alto rendimento, como fresas HPC para desbaste e fresas de segmento circular para acabamento.

Texto: Helmut Vergin, Gestor de produto na Tebis

Registe-se para receber a Newsletter Tebis e mantenha-se sempre atualizado.

Inscrições em seminários e formações

Aproveitar melhor os potenciais, atingir mais rapidamente os objetivos

  • Conceção de superfícies Plus

    "Add-ons" CAD  (A pedido) Saiba mais


  • Fresagem simultânea em 5 eixos

    "Add-ons" CAM  (A pedido) Saiba mais


  • Corte por laser 5 eixos

    "Add-ons" CAM  (A pedido) Saiba mais