Title

Description

    A gestão da qualidade como um fator competitivo

    Melhore os processos aprendendo com os erros

    As empresas de produção de ferramentas encontram-se num mercado altamente competitivo, com uma enorme pressão nos preços, o que as obriga a otimizar constantemente a sua produção. A função de gestão da qualidade do ProLeiS ajuda a registar os problemas, a identificar a respetiva causa e a corrigir os mesmos.

     

    O ProLeiS promove a melhoria contínua dos processos. Com base na documentação dos erros, é fácil determinar as medidas corretivas a implementar.

    A gestão eficaz da qualidade é crucial para a garantia da competitividade a longo prazo.

    Automatização
    Relatório de erros em tempo real • Identificação das causas • Apresentação de medidas corretivas • Cálculo do custo final 
    Estabilidade
    Documentação contínua • Gestão sistemática de erros • Otimização de processos 
    Prevenção
    Lista personalizada de medidas • Prevenção de erros conhecidos na fase de planeamento  

    Registo automático de erros 

    Acabaram-se as correções provisórias

    É normal que aconteçam erros.O ProLeiS permite que os erros sejam utilizados como forma de promover a melhoria, detetando automaticamente os desvios face aos valores definidos. Muitas vezes, é praticamente impossível registar e monitorizar todos os problemas e investigar as respetivas causas. Mas com o ProLeiS é diferente,porque guarda “Templates” para a gestão da qualidade, facilitando o registo e a monitorização dos desvios ou não conformidades de forma imediata.

    O ProLeiS automatiza a gestão dos erros, permitindo uma significativa economia de tempo.

    Comunicação e registo
    O ProLeiS comunica automaticamente os erros do processo de produção. Estes são atribuídos diretamente a um projeto e atividade. Desta forma, os colaboradores podem responder rapidamente, esclarecer o tipo de incidente e tomar medidas de correção. 

    Classificação e descrição
    O ProLeiS dispõe de um menu para a identificação de causas, divididas por categorias, tais como “Machine” e “CAM program”, entre outras. Assim, com um simples clique, é possível classificar os erros e fornecer informação mais detalhada. Os incidentes identificados podem ser complementados com observações, fotografias e outros documentos.

    Filtros e análise
    Graças aos diversos filtros no ProLeiS, é possível ver rapidamente um resumo de todos os erros. Os filtros podem ser aplicados ao nível do projeto ou no geral.

    O operadorregista o erro no ProLeiS e classifica-o para maior exatidão.
    O chefe de equipatem uma visão geral dos erros, problemas e medidas associadas.

    Identificação de causas e correção de erros

    Os erros são valiosos

    Os erros podem ter muitas causas, mas muitas vezes estas não são determinadas nem documentadas ao pormenor. As causas de quebras da ferramenta, de erros nos dados enviados ou nos materiais utilizados ou as causas de problemas no fluxo do processo têm de ser determinadas. Só assim é possível aprender com os erros e garantir uma melhoria constante dos processos. 

    O ProLeiS facilita a identificação das causas.

    Análise 
    A categorização dos erros são a base para a análise dos mesmos. Além disso, torna-se mais fácil detetar causas menos óbvias de erros, pois o ProLeiS identifica os erros recorrentes. Os erros para os quais não é possível identificar causas, ficam registados no ProLeiS para efeitos meramente estatísticos.

    Correção
    Depois de identificados os erros ou o sistema em que ocorreram, pode identificar as medidas corretivas adequadas. O ProLeiS gera processos de planeamento adicionais, por exemplo, para reparação de danos, os quais são atribuídos ao projeto, para que seja possível identificar o trabalho extra resultante.

    Validação 
    Monitorize o estado das medidas corretivas e documente a sua eficácia. O problema fica encerrado no ProLeiS quando a causa do mesmo for devidamente corrigida. Ao mesmo tempo, é criado no ProLeiS uma lista de medidas corretivas, com a respetiva validação e duração.

    Medidas corretivas e preventivas

    Os erros do presente são os êxitos do futuro

    Normalmente, a atenção está apenas na gestão da qualidade do dia a dia, mas o ProLeiS promove o foco também na estabilidade. Ou seja, com o tempo, é possível melhorar continuamente os processos de produção e reduzir os custos com verificações e correções, tornando a produção mais eficiente e com maior rentabilidade.

    O ProLeiS está constantemente a aprender. 

    Custo final 
    O ProLeiS permite a análise regular dos erros, por categorias e por causas. Quer o erro esteja na peça, no processo ou na máquina, poderá iniciar uma série de análises ao nível da encomenda, da ferramenta ou do fornecedor. Os custos e o tempo adicional, necessários para a resolução de problemas, são registados automaticamente e considerados no custo final. 

    Prevenção
    No ProLeiS está disponível uma lista de medidas corretivas e preventivas. Desta forma, os colaboradores podem consultar medidas úteis e e associá-las para que o ProLeiS as despolete em caso de ocorrência de tais erros no futuro.

    Os custos registados resultantes da correção do erro são incluídos no custo final.

    Também lhe poderá interessar

    Principais indicadores para o controlo da produção

    O ProLeiS recolhe os dados das suas máquinas e converte-os em informações relevantes sobre a produção. Combinados com os dados organizacionais, pode obter rapidamente KPIs para toda a empresa. E os painéis de controlo permitem-lhe estar focado no que é importante para o seu negócio.

    Mais informação
    Gestão de documentos – maior transparência

    Os dados representam uma preciosa matéria-prima digital. O ProLeiS garante o cumprimento das normas em matéria de gestão documental e assegura maior segurança nos processos. Assegura ainda que todas as equipas possuem dados atualizados, ajustados e corretos para as suas tarefas.

    Mais informação
    Interfaces no ProLeiS

    O ProLeiS MES integra dados de outros sistemas de software através de interfaces, que lhe permite comunicar com máquinas e softwares ERP, PLM, CAD e CAM. Por exemplo, os utilizadores Tebis podem gerir os dados de produção de forma combinada, sem terem de alternar entre aplicações. Com as interfaces disponíveis, consegue-se uma transferência segura de dados sempre atualizados. 

    Mais informação
    Tem alguma questão sobre o ProLeiS?

    Teremos todo o gosto em ajudá-lo.

    Contacte-nos