Title

Description

    Teste comparativo: tempo de maquinação

    A combinação perfeita

    A opção pelo desbaste adaptativo depende essencialmente da geometria da peça.Este tipo de maquinação é mais adequado para peças com caixas profundas.  
    Muito importante:Os parâmetros tecnológicos (como os valores de corte) têm de estar perfeitamente adequados à peça, ao material, à máquina e às ferramentas usadas.Só assim é possível alcançar o melhor resultado possível. 

    No nosso teste prático, comparamos vários tipos de maquinação para as duas peças. 

    Exemplo 1:Peça com caixas profundas

    FerramentaPokolm D16
    MáquinaDMG HSC105 linear
    MaterialAço
    EstratégiaAdaptativa
    Parâmetros de corte

    ae: 1,6 mm

    ap: 30 mm

    vc: 175 m/min

    fz:0,3 mm

     

    A maquinação adaptativa é 60% mais rápida
    do que o desbaste concêntrico.
    video thumbnail
    Please accept Cookies.
    Please accept the Marketing Cookies for using the form.
    Activate Cookies

    Exemplo 2:Peça complexa com áreas planas e inclinadas

     1ª operação de maquinação2ª operação de maquinação
    Ferramenta Pokolm Spinworx D52 R6Pokolm D16 HPC
    MáquinaDMG HSC105 linearDMG HSC105 linear
    MaterialAçoAço
    EstratégiaConcêntricaAdaptativa
    Parâmetros de corte

    ae: 36 mm

    ap: 0,9 mm

    vc: 215 m/min

    fz: 0,7 mm

    ae: 1,6 mm

    ap: 30 mm

    vc: 175 m/min

    fz:0,3 mm

     

    A maquinação combinada é 22% mais rápida
    do que aplicar somente o desbaste adaptativo.
    video thumbnail
    Please accept Cookies.
    Please accept the Marketing Cookies for using the form.
    Activate Cookies